blank blank

Microsoft confirma que fechará quase todas as suas lojas ao redor do mundo

Microsoft confirma que fechará quase todas as suas lojas ao redor do mundo

A Microsoft anunciou uma nova estratégia de varejo. A companhia irá fechar praticamente todas as suas lojas físicas ao redor do mundo, com excessão de 4, que serão transformadas em centros de experiência para o cliente, chamado de Microsoft Experience Centers. Essas Microsoft Store reimaginadas não venderão produtos, elas serão um ponto de encontro para que clientes possam conhecer os produtos.  Londres, Nova York, Sydney e Redmond, cidade natal da Microsoft, serão os locais com essas lojas experience. 

A maioria das lojas está localizada nos Estados Unidos. A Microsoft tinha 116 lojas físicas ativas. A gigante de Redmond fez questão de frisar que nenhum funcionário será demitido. Esses colaboradores continuarão ajudando consumidores, o setor educacional e pequenas e grandes empresas. Eles trabalharão nos escritórios da Microsoft e em casa.

Com o fechamento das lojas físicas, a Microsoft investirá ainda mais pesado no e-commerce. “Nossas vendas online cresceram na medida em que nosso portfólio evoluiu para ofertas amplamente digitais, e nossa equipe talentosa demonstrou sucesso ao atender consumidores além de qualquer local físico”, diz David Porter, vice presidente do lado corporativo da Microsoft.

Esse foco no digital está dividido entre a Microsoft Store digital, que vem pré-instalada em todos os dispositivos Windows 10, a loja digital do Xbox, que também está provando ser mais atraente para os consumidores do que as lojas físicas , e o site Microsoft.com. Essas lojas totalizam até 1,2 bilhão de clientes por mês em 190 mercados. Custará US$ 450 milhões para a Microsoft fechar suas lojas fisicas e criar os quatro pontos Microsoft Experience Centers

A Microsoft abriu a primeira loja de varejo em São Francisco no final dos anos 90. A partir de 2009, a Microsoft reimaginou esse conceito, abrindo diversas lojas, pontos que funcionavam como showrooms para os produtos da empresa e venda dos equipamentos da linha Surface, consoles Xbox, Windows e produtos de terceiros.

Sobre o Autor

Editor-chefe no Hardware.com.br, aficionado por tecnologias que realmente funcionam. Segue lá no Insta: @plazawilliam
Leia mais
Redes Sociais:

Deixe seu comentário

blank