Depois de polêmicas, Facebook reverte TOS anterior

Por:

É curioso observar o comportamento de certas empresas na Internet, que fazem de tudo para se apoderar do conteúdo criado pelas pessoas, ou no mínimo deixam a entender isso – gerando dúvidas e problemas com os usuários. Um exemplo foi há algum tempo, no caso do Photoshop Express (online) da Adobe (veja aqui notícia da época), no que tratava do uso das imagens pela Adobe livremente de pagamentos de direitos aos usuários do serviço.

O que se tem comentado agora foi no Facebook, uma grande rede social (no Brasil deve perder feio para o Orkut, mas é muito usada lá fora). Recentemente alteraram os termos de uso alegando uma certa propriedade do conteúdo criado ou carregado pelos usuários: mesmo que a pessoa apagasse, poderiam armazenar o conteúdo, apesar de aparentemente não usarem de forma inadequada. Isso gerou inúmeras manifestações na Internet de pessoas atrás dos direitos de privacidade. Agora voltaram atrás, revertendo os termos de serviço anteriores, e estudarão outras formas de alterá-los sem afetar negativamente os usuários.

Acompanhe a discussão no Slashdot, aqui e aqui. E também no Digital Biz da CNN.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X