‘Computador vivo’ é construído com bactérias modificadas

Por: Julio Cesar Bessa Monqueiro
‘Computador vivo’ é construído com bactérias modificadas

Continuando a saga da construção de eletrônicos usando materiais vivos, uma nova experiência afirmou ainda mais a idéia da computação que usa organismos biológicos em seu funcionamento. Dessa vez, cientistas desenvolveram um “computador vivo”, usando bactéricas modificadas geneticamente.

Esse é o assunto da notícia “”Computador vivo” é construído com bactérias geneticamente modificadas”, postada no site “Inovação Tecnológica“:

“Recentemente, dois pesquisadores fizeram um levantamento de todos os estudos que envolvem o processamento biológico da informação e concluíram que podemos estar a caminho de um futuro não-eletrônico (veja Processamento biológico da informação abre caminho para um futuro não-digital).

Agora, uma equipe de biólogos e matemáticos adicionaram genes a bactérias Escherichia coli que as transformaram em computadores bacterianos, capazes de resolver um enigma matemático que os pesquisadores chamam de “problema das panquecas queimadas.””

img

Veja a notícia original em:

http://www.inovacaotecnologica.com.br

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário