blank blank

MetaRAM quadruplica a capacidade de memória existente

MetaRAM quadruplica a capacidade de memória existente

MetaRAM Dobra, Quadruplicando a Capacidade de Memória nos Sistemas Existentes Data: 17/01/2008 Autor original: Marcus Yam Fonte: http://www.dailytech.com/article.aspx?newsid=10847

A tecnologia MetaRAM para diminuir o custo de memória de servidores e estações em mais de 90 por cento
A companhia de semicondutores MetaRAM lançou hoje uma nova tecnologia em memórias, chamada DDR2 MetaSDRAM, que promete dobrar ou quadriplicar a capacidade de memória enquanto mantém a compatibilidade com a já existente DIMM.

MetaRAM conseguiu este feito usando métodos para agrupar chips 3D para obter uma maior capacidade de memória em um único chip. Tal método sozinho poderia causar problemas de compatibilidade, mas MetaRAM desenvolveu um chipset customizado que está entre os chips que fazem as DRAMs múltiplas parecerem ter uma capacidade DRAM maior para o controlador de memória.

7381_TN-408930_8GBDRAMMetaPressImageRDIMMs DDR2 Dual-Rank de 8GB baseado na MetaRAM (Fonte: SMART)
Também desenhado para manter a compatibilidade com os sistemas existentes é a tecnlogia de controle de energia WakeOnUse da MetaRam. WakeOnUse, como o próprio nome diz (AcordarAoUsar), ativa a MetaSDRAM para ficar em um estado de dormência até que necessário, permitindo que a memória seja usada corretamente dependendo do estado atual. A empresa diz ter obtido um desenvolvimento acelerado em tecnologia de memória de dois para quatro anos.

Sem nenhuma modificação do sistema, a MetaRAM diz que sua tecnologia em memória vai funcionar com os servidores e estações atuais da AMD e da Intel.

“Eu passei toda a minha carreira focado em construir sistemas computacionais balanceados e prover compatibilidades e inovações evolutivas. Com o crescimento do multi-core e das CPUs multi-threaded de 64 bit, eu percebi que o sistema de memória está novamente no topo em sistemas e então resolvi tentar fazer algo neste problema,” disse Fred Weber, CEO da MetaRAM, e já foi o CTO na AMD. “O novo MetaSDRAM da MetaRAM faz isso trazendo um avanço na capacidade da memória principal para servidores principais com preços sem iguais, sendo que não é necessário nenhuma mudança na CPU, chipset, placa-mãe, BIOS ou software atual.”

Usando DD2 MetaSDRAM, a MetaRAM estima que um servidor de quatro-processadores com 16 núcleos e uma memória de um quarto de um terabyte deve custar menos de US$50,000 dólares – a empresa diz de uma redução de 90% do custo atual do sistema.

Entretanto por ter diminuido o custo de hardware de servidor, pequenas firmas e indústrias vão subitamente serem capazes de poder comprar hardware ultra-sofisticados, dirigindo então o resto da indústria. Uma empresa interessada em aumentar as vendas de chips é a Intel, uma investidora da MetaRAM.

“A adoção de processadores Intel Xeon Quad-Core e virtualização de plataforma, combinado com o crescimento de aplicações com uso intensivo de dados, está fazendo uma demanda por uma capacidade maior de memória nos servidores,” disse Bryan Wolf, diretor administrativo, Enterprise Platforms, Intel Capital. “A tecnologia da MetaRAM apresentou uma oportunidade para a Intel para participar tanto um investimento quanto um colaborador estratégico colaborativo para fazer uma solução compatível que melhore o desempenho do sistema.”

Hoje serão lançados dois chipsets baseados na tecnologia MetaRAM. O chipset MetaSDRAM MR08G2 ativa os 8GB DIMMs de 2-rank e está disponível por US$200 dólares cada em kits de 1000. Para aqueles que querem mais, o chipset MetaSDRAM MR16G2 ativa os 16GB DIMMs de 2-rank e está com o preço de US$450 dólares cada em kits de 1000. Ambos os chipsets são capazes de funcionar em velocidades de até 667MT/s.

Hynix Semiconductor e SMART Modular Technologies, ambas parceiras da MetaRAM, vão ser as primeiras a trazer para o mercado as DIMMs registradas PC2-4200 dual-rank de 8GB.

Além do espaço de memória aumentado, indo para os novos módulos 8GB dual-rank também vai diminuir os requisitos de energia. A SMART acredita que, repondo os quatro tradicionais 4GB dual-rank RDIMMs com dois de 8GB dual-rank DDR2 RDIMMs, os designers podem diminuir o consumo de energia por até 20 porcento.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário