blank blank

Oficial: Dell começará a vender PCs com Ubuntu

Por:

Notícia publicada originalmente no blog pedroaxl.com.

Agora é oficial, a Dell confirmou que começará a oferecer PCs que virão de fábrica com o Ubuntu 7.04 (Feitsy Fawn). Na minha opinião eles acertaram na mosca ao escolher o Ubuntu. Estou usando o 7.04 e acho que não poderia ser uma escolha melhor.

Eu vejo a Dell hoje, pelo menos no Brasil, como uma empresa mais voltada para o mercado corporativo, eles oferecem máquinas estáveis, com um suporte técnico muito bom e muito ágil que não te deixa na mão. Para uma empresa, máquinas paradas significam perda de produtividade e consequentemente perda de lucros. Vale a pena pagar mais pela confiabilidade.

Caminhando ao lado temos o Software Livre: Se é possível economizar muitas licenças de Windows e muitas licenças de Office, mantendo os mesmos recursos e, possivelmente, com uma estabilidade maior, por que não fazê-lo? A empresa economiza muito dinheiro e até ganha mais produtividade.

Sim, eu sei que Xiitas do Windows argumentam que você tem mais custo para treinar os funcionários. De fato isso até acontece, mas o Linux deixou de ser difícil de usar há muito tempo, qualquer pessoa com meia dúzia de neurônios e vontade consegue se adaptar a dupla Linux + OpenOffice rapidinho.

Aí é que o Ubuntu se encaixa perfeitamente, ele é fácil, estável, possui uma grande infra-estrutura, atualizações o tempo inteiro, é bonito e leve, já vem com um monte de programas e ainda por cima faz tudo que o Windows faz e não custa nada. Quer mais?

Vejo isso como uma GRANDE oportunidade para a expansão do Linux, muitas empresas certamente irão aderir, fazendo com que seus funcionários sejam indiretamente obrigados a conhecer e aprender Linux e, se gostarem, levarão o Linux para suas máquinas em casa, gerando assim um ciclo enorme. O Linux vai deixar de estar só no PC do nerd pra chegar a milhares de estações de trabalho em grandes empresas. É uma grande oportunidade para crescer.

Clique aqui para ver a notícia original.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário