blank blank

Módulos adicionais

O Fedora inclui uma série de módulos de kernel adicionais, distribuídos através de um conjunto de pacotes “kmod”. Para instalar o Ndiswrapper, por exemplo, basta instalar o pacote “kmod-ndiswrapper”, que instalará junto o
pacote com os utilitários:

# yum install kmod-ndiswrapper

A partir daí, você pode carregar o arquivo .inf do driver usando o “ndiswrapper -i” e, em seguida, ativar o driver usando o “modprobe ndiswrapper”, como em outras distribuições.

Ao adicionar o repositório do RPM Fusion, você ganha também acesso aos drivers da nVidia, ATI e mais alguns drivers restritos, como no caso do driver MadWiFi, para placas wireless com chipset Atheros, que, embora seja
open-source, utiliza um HAL proprietário e por isso não é incluído no repositório padrão. Ele pode ser instalado em substituição do driver ath5k.

Para ativá-lo, instale os pacotes “madwifi” (os utilitários) e “kmod-madwifi” (o módulo de kernel propriamente dito), como em:

# yum install madwifi kmod-madwifi

Em seguida, é necessário desativar o driver ath5k pré-instalado, para que ele dê lugar ao módulo “ath_pci” do MadWiFi. Para isso, adicione a linha a seguir no arquivo “/etc/modprobe.d/blacklist“:

blacklist ath5k

Para que os devices da interface de rede sejam criados corretamente, é necessário editar também o arquivo “/etc/modprobe.conf“, adicionando as três linhas a seguir:

alias wifi0 ath_pci
alias ath0 ath_pci
options ath_pci autocreate=sta

Os drivers da nVidia e da ATI são uma questão um pouco mais complicada, já que a instalação depende da versão do kernel usada e da versão corrente dos drivers. Por utilizar sempre a versão mais recente do kernel disponível
na época do lançamento, juntamente com a versão mais atual do X.org e algumas modificações adicionais, o Fedora possui um histórico de incompatibilidades com drivers proprietários em geral, especialmente os drivers da nVidia, que frequentemente demoram
semanas para serem atualizados em relação a uma nova versão do Fedora.

Durante esse tempo, resta aos usuários utilizar o driver nv (ou o Nouveau, que está disponível por padrão a partir do Fedora 11) ou adiar o upgrade até que o driver tenha sido atualizado.

De qualquer maneira, você pode instalar os drivers tanto seguindo os passos manuais, quanto instalando diretamente a partir dos repositórios (é necessário ter ativado o RPM Fusion), através dos pacotes “akmod-nvidia”,
“xorg-x11-drv-nvidia” e “xorg-x11-drv-nvidia-libs”, como em:

# yum install akmod-nvidia-173xx xorg-x11-drv-nvidia-173xx-libs \
xorg-x11-drv-nvidia-173xx-libs

Como de praxe, o “173xx” corresponde ao número da versão. Você pode checar quais estão disponíveis aos instalar usando o “yum search”.

Para os drivers da ATI, são usados os pacotes “kmod-fglrx” e “xorg-x11-drv-fglrx-libs”, como em:

# yum install kmod-fglrx xorg-x11-drv-fglrx-libs-32bit

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário