Logo Hardware.com.br
Equipe GdH
Equipe GdH Geek Moderador
3.5K Mensagens 82 Curtidas

Será que o Linux está ficando muito lento e 'inchado'?

#1 Por Equipe GdH 08/02/2010 - 09:58
Será que o Linux está ficando muito lento e 'inchado'?

Eis um aspecto do software livre e de código aberto que está voltando a ser discutido: por anos, prevaleceu a ideia de que um software desse tipo precisava ser leve e elegante para ser considerado pronto para o uso. Mas alguns eventos recentes mostraram que, no caso do kernel do Linux, isso de certa forma deixou de ser verdade: o desempenho vem caindo lenta e regularmente. Como isso é possível?
Mitch Meyran

https://www.hardware.com.br/artigos/linux-lento-inchado/

Comente aqui!
Responder
TerraSkilll
TerraSkilll Zumbi Moderador
4K Mensagens 1.2K Curtidas
#31 Por TerraSkilll
09/02/2010 - 17:01
RR_Fang
Interessante, não sabia que separavam por arquitetura assim. Deve ser porque inline assembly permite otimizações difíceis de obter de outras formas. Muitas linguagens usam Assembly dessa forma.

f12
Muito legal esse site. As comparações do desenvolvimento é muito interessante.
Contribua para um fórum melhor: pense antes de postar.
"It isn't a contest. Just enjoy the ride." -> Seth Vidal
Hardware.com.br no Youtube!
Bit0N3
Bit0N3 Cyber Highlander Registrado
14.5K Mensagens 3.4K Curtidas
#32 Por Bit0N3
09/02/2010 - 18:22
Separa-se em diretórios distintos, pq cada arquitetura vai ter que ter o seu codigo especifico.

diferente do C que pode ser compilado em qualquer maquina com alguns retoques, as vezes até sem conforme o compilador, no caso do linux o gcc, o assembler endereça intrusões diretamente no dialeto da arquiterura do processador, no momento com uma absurda dor de cabeça aqui e so em pensar nisso ta piorando, mas resumindo, cada processador vai ter seus comandos e o codigo vai ter que respeitar isso.

entao o codigo para um PPC vai ser completamente diferente de um pra x86, cada um fica lá na sua pasta.

Que eu saiba só se usa C e assembler no kernel do linux e de todos os OS que eu conheço.

[]'s
Recomendação: Lord of the rings online MMORPG SHow de bola, roda no fedora pelo lutris.
RR_Fang
RR_Fang Super Participante Registrado
430 Mensagens 39 Curtidas
#33 Por RR_Fang
09/02/2010 - 20:45
ice2642 disse:
Que eu saiba só se usa C e assembler no kernel do linux e de todos os OS que eu conheço.


Já desviando do foco do artigo / tópico... Teoricamente, é possível implementar um kernel em C++ (como o Choices ou o L4/Fiasco), mas dada as abstrações da linguagem, há uma série de desvantagens e dificuldades ao optar por este caminho.
(Há ainda o JNode, um kernel em Java com um mínimo de C ou Assembly)

Nada impede o uso direto de classes, herança e mesmo templates em um kernel, por exemplo. Mas você provavelmente teria de implementar um gerenciamento de memória base antes de usar os operadores new e delete. Ou mesmo exceções e uma "STL"... espantado.png:

Inclusive, Linus Torvalds é contra o uso de C++.
Ricardo "Fang MoonRupt"
< Archlinux User >
Ilkyest
Ilkyest Super Zumbi Registrado
5.8K Mensagens 715 Curtidas
#34 Por Ilkyest
09/02/2010 - 20:58
uma das grandes virtudes do linux, embora não entenda muito bem de módulos, ainda, é a capacidade de o linux lidar com seu hardware, alguns, por módulos. ou seja, deu pau no hardware X, refaz o módulo dele, compilando, sem problemas de reinstalação do sistema como o M$

Acredito, minha opinião, que ao dizer que o linux está inchado, deve-se à distros por aí, não ao kernel, e nem ao núcleo linux propriamente dito.

Me explico.
Instale o arch, o ubuntu, e o k7. veja a variedade de coisas que cada um instala. Agora faça o seguinte, instale o arch. nem o ambiente gráfico ele instala. Agora instale o ambiente gráfico. Veja quanta coisa é instalada, mas menos ainda que o ubuntu. mas para comparar, menos que o kubuntu.

o kubuntu vai por o network-manager, o ksensors, talvez, e outros.

então acredito que o linux, kernel, em si não inchou muito. Acredito que "linux inchado" seria que algumas distros aí estão trazendo tanta, com perdão da palavra, bugiganga que poderia ficar bem mais leve, e evitar conflitos ainda. Basta ver o tamanho das ISOS para instalar algumas distros. Arch, 400Mb. Kubuntu (hardy) 700Mb. epidemic, kubuntu, ubuntu, exigem DVDs para queimar. e por aí vai.

tá, ok, muitas bugigangas, ops, gadgets, até podem ser úteis. mas quem hoje instala sem internet? que custa baixar?

O problema não é esse. O problema é que esses "built-in" agregam a inicialização do sistema, como disse o phyron. Daí ou não desinstalam, ou dão pau se fizer isso. daí o problema. O kernel, claro, também ajuda, basta ver o sucesso, ou os sucessos, do colega KQXRIVEN com seus kerneis omnislash.

mas... de nada adianta ter um baita kernel, se ele fica pesado com tantas bu, ops, gadgets.

De nada adianta um carro 1.0, levezinho, se tu põe no porta-malas 3.000 kilos de coisa para levar junto
ASUS 1151 ATX PRIME Z270-K/ Intel i7 7700k / 16Gb Kingston HyperX FURY 2133Mhz DDR4 /Radeon RX570 Powercolor 4Gb // Corsair TX 750W modular // Air Cooler Stock
Atento
Atento Tô em todas Registrado
2.5K Mensagens 9 Curtidas
#35 Por Atento
10/02/2010 - 00:54
Ilkyest disse:
uma das grandes virtudes do linux, embora não entenda muito bem de módulos, ainda, é a capacidade de o linux lidar com seu hardware, alguns, por módulos. ou seja, deu pau no hardware X, refaz o módulo dele, compilando, sem problemas de reinstalação do sistema como o M$
.........
então acredito que o linux, kernel, em si não inchou muito. Acredito que "linux inchado" seria que algumas distros aí estão trazendo tanta, com perdão da palavra, bugiganga que poderia ficar bem mais leve, e evitar conflitos ainda. Basta ver o tamanho das ISOS para instalar algumas distros. Arch, 400Mb. Kubuntu (hardy) 700Mb. epidemic, kubuntu, ubuntu, exigem DVDs para queimar. e por aí vai.


Entendi a sua opinião, mas comparar distros pelo tamanho das isos não tem muito a ver. Veja o Debian... ele FULL é enorme, mas comparar o Debian com Ubuntu e dizer que o Ubuntu é mais "leve" não tem muito a ver.

Mas entendi perfeitamente sua opinião.
jqueiroz
jqueiroz Cyber Highlander Registrado
104K Mensagens 5.7K Curtidas
#36 Por jqueiroz
10/02/2010 - 07:25
Ilkyest disse:
uma das grandes virtudes do linux, embora não entenda muito bem de módulos, ainda, é a capacidade de o linux lidar com seu hardware, alguns, por módulos. ou seja, deu pau no hardware X, refaz o módulo dele, compilando, sem problemas de reinstalação do sistema como o M$

Você sabe que não sou defensor da Microsoft. Mas vc está fazendo uma avaliação errada, aqui: o Windows lida de forma muito mais simples com drivers de hardware, uma vez que eles são (1) totalmente independentes da instalação do sistema; e (2) desenvolvidos pelo fabricante, não pela Microsoft.

Acredito, minha opinião, que ao dizer que o linux está inchado, deve-se à distros por aí, não ao kernel, e nem ao núcleo linux propriamente dito.

Me explico.
Instale o arch, o ubuntu, e o k7. veja a variedade de coisas que cada um instala. Agora faça o seguinte, instale o arch. nem o ambiente gráfico ele instala. Agora instale o ambiente gráfico. Veja quanta coisa é instalada, mas menos ainda que o ubuntu. mas para comparar, menos que o kubuntu.

o kubuntu vai por o network-manager, o ksensors, talvez, e outros.

Eu uso o Kubuntu, e afirmo que ele não instala mais que o Ubuntu; apenas diferente. Ambos instalam o NetworkManager (que, goste ou não, é o gerenciador de rede padrão para ambas distribuições). E o ksensors não faz parte da instalação padrão, nem o lm-sensors, nem o sensorsd.

Se você não gosta e não usa o KDE, não pode culpar a distribuição voltada para seu uso de instalá-lo. Eu odeio o Gnome e não culpo o Ubuntu por usá-lo; apenas mantenho-me a uma distância higienicamente segura.
"chmod 777 nunca ajudou ninguém" (c) 2002-2021 JQueiroz/FGdH
Conheça o Blog do Zekke
werner1
werner1 Membro Junior Registrado
114 Mensagens 1 Curtida
#37 Por werner1
10/02/2010 - 08:37
jqueiroz disse:
... o Windows lida de forma muito mais simples com drivers de hardware, uma vez que eles são (1) totalmente independentes da instalação do sistema; e (2) desenvolvidos pelo fabricante, não pela Microsoft.

Num lado, uma parte dos drivers do Windows são dele mesmo, principalmente os das placas-mães. No outro lado, no Linux pode se usar também drivers proprietárias, p.ex. para a aceleração 3d de placas nvidia.

É correto porem que Microsoft deixa a abacaxi na mão dos produtores elaborarem drivers. Com o Linux, isso somente é compatível se tais drivers forem codigo-aberto.

Realmente é necessario re-instalar o Windows completamente nove (a partir de zero e com todos os programas instalados) se troca a placa-mãe ou até certas placas gráficas.
NOVO ! Linux SYS 0.23-r4+ do 21/1/2010 -- 18 GB programas -- Instalaçao Automatica http://linux.softpedia.com/get/System/Operating-Systems/Linux-Distributions/SYS-34168.shtml
DVD da Instalaçao: ftp://ftp5.gwdg.de/pub/linux/install/sys Pacotes: ftp://ftp.uni-siegen.de/pub/sys-linux
jqueiroz
jqueiroz Cyber Highlander Registrado
104K Mensagens 5.7K Curtidas
#38 Por jqueiroz
10/02/2010 - 08:44
Realmente é necessario re-instalar o Windows completamente nove (a partir de zero e com todos os programas instalados) se troca a placa-mãe ou até certas placas gráficas.

Necessário, não; apenas mais fácil. Há um procedimento pra preparar o sistema para substituir a placa-mãe por outra com chipset diferente, mas que não é nada prático.
"chmod 777 nunca ajudou ninguém" (c) 2002-2021 JQueiroz/FGdH
Conheça o Blog do Zekke
PHIRON
PHIRON Zumbi Registrado
6K Mensagens 418 Curtidas
#40 Por PHIRON
10/02/2010 - 14:56
Ilkyest disse:

Me explico.
Instale o arch, o ubuntu, e o k7. veja a variedade de coisas que cada um instala. Agora faça o seguinte, instale o arch. nem o ambiente gráfico ele instala. Agora instale o ambiente gráfico. Veja quanta coisa é instalada, mas menos ainda que o ubuntu. mas para comparar, menos que o kubuntu.
......
então acredito que o linux, kernel, em si não inchou muito. Acredito que "linux inchado" seria que algumas distros aí estão trazendo tanta, com perdão da palavra, bugiganga que poderia ficar bem mais leve, e evitar conflitos ainda. Basta ver o tamanho das ISOS para instalar algumas distros. Arch, 400Mb. Kubuntu (hardy) 700Mb. epidemic, kubuntu, ubuntu, exigem DVDs para queimar. e por aí vai.


Um... o problema que o autor citou no artigo, creio eu que seja verossímel, veja bem, o problema do kernel é que ele tem agregado a ele diversas funções, o que torna o código do mesmo mais complexo, sendo necessário criar mais códigos para lidar com tratamento de erros, eu vejo isso constantemente, recentemente eu desenvolvi um programa que funciona muito bem, porém quando o número de registros do banco de dados cresceu muito ele começou a ficar bem mais lento, então eu fui estudar o código e descobri que havia um "erro", erro no sentido de que eu não havia tratado uma rotina de maneira eficiente, tive que reescrever toda uma classe, no meu caso é simples porque o meu programa é "pequeno" (apenas umas 680 linhas) e a classe em questão tinha umas 50 e poucas linhas e eu sei exatamente quem vai operá-lo e onde vai rodar, agora imagine uma coisa como essa no kernel linux, reescrever do zero é complicado porque pode quebrar compatibilidade com algum programa/hardware então o pessoal inventa um patch e aumenta o código agregado ao kernel e a coisa só vai piorando.

fmpfmp disse:
Eu já acho que o Linux é um sistema com ótimo desempenho, mesmo atualmente. É claro que isso depende muito também do trabalho feito em cima disso por parte das distribuidoras e do hardware sendo utilizado.


Eu discordo, o tempo para responder as ações eu estou achando cada vez mais lento, o linux demora muito para abrir menus, carregar aplicativos, etc, eu tenho diversas máquinas onde eu testei isso, uma percepção que eu tive é que nas distros de 64bits a situação é um pouco melhor, mesmo assim, o desempenho em si tem muito o que melhorar ainda, principalmente se compararmos com os sistemas MS, em um notebook que eu tenho aqui, Core 2 duo 2.2, 4GB memória HD 250 e com intel GMA4500, eu instalei os mesmos programas no Vista Business 64bits que veio com ela e no Ubuntu 9.10 64bits também, ambos sistemas com as últimas atualizações, a diferença foi muito grande, os aplicativos como OpenOffice, Gimp, Firefox e inkscape funcionaram muito melhor no Vista, o único ponto positivo do ubuntu foi no acesso à rede e transferência de arquivos onde ele se saiu bem melhor, eu acho sim que tem que melhorar e muito!
PHIRON
PHIRON Zumbi Registrado
6K Mensagens 418 Curtidas
#42 Por PHIRON
10/02/2010 - 15:57
jqueiroz disse:
Hmmmmmmm. Será culpa do Kernel, ou será culpa do ambiente gráfico?


Então, eu pensava assim também, então instalei o KDE, Enlightment e LXDE e o Enlightment foi o que eu percebi uma melhorazinha de desempenho, nada muito significativo.
Eu percebi uma melhora maior quando o kernel foi para a versão 2.6.3x que melhorou bastante em relação à 2.6.2x
rubensk8
rubensk8 Geek Registrado
2.4K Mensagens 111 Curtidas
#44 Por rubensk8
02/04/2010 - 15:26
carq disse:
pessoal e se comparar o windows 7 com o yoper ou gentoo ?
acho que seria uma comparação mais proxima


Mais próxima? isso é gastar munição à toa! Tenho instalado aqui o Win 7 e o Ubuntu 9.10 e tenho até desgosto quando eventualmente tenho que ir no Seven, Acho o win7 meio vagaroso... Ambos os programas estão instalados a cerca de um ano... no início o win7 era até rapidinho, mas depois de um tempo ele começa a ficar pesado e lembra um pouco o Vista!

Windows 7 se equivale ao Ubuntu 9.10 (na minha opinião o Ubuntu é mais rápido).

Agora se quiser algo bem mais rápido:

Debian
Slackware
Sabayon
Arch
Puppy
Gentoo
Knoppix
Zewalk
Vector
Slax
Yoper
GoblinX
Sidux

Considero esses mais rápidos que o win7 também:
Ubuntu 9.10
Mint 8 (Helena)
Mandriva 2010
PCLinuxOS 2010
N0625
N0625 Super Zumbi Registrado
7.1K Mensagens 785 Curtidas
#45 Por N0625
02/04/2010 - 16:36
Nenhum Windows vai ser mais rápido do que qualquer distro Linux (desde, claro, que estejam rodando em configs similares). A forma de trabalhar entre os dois é diferente. O Windows sempre consumiu mais memória que o Linux. Gerencia mais processos que o Linux, até em demasia. É mais justo comparar Windows vs Windows e Linux vs Linux.

PHIRON disse:

Eu discordo, o tempo para responder as ações eu estou achando cada vez mais lento, o linux demora muito para abrir menus, carregar aplicativos, etc, eu tenho diversas máquinas onde eu testei isso, uma percepção que eu tive é que nas distros de 64bits a situação é um pouco melhor, mesmo assim, o desempenho em si tem muito o que melhorar ainda, principalmente se compararmos com os sistemas MS, em um notebook que eu tenho aqui, Core 2 duo 2.2, 4GB memória HD 250 e com intel GMA4500, eu instalei os mesmos programas no Vista Business 64bits que veio com ela e no Ubuntu 9.10 64bits também, ambos sistemas com as últimas atualizações, a diferença foi muito grande, os aplicativos como OpenOffice, Gimp, Firefox e inkscape funcionaram muito melhor no Vista, o único ponto positivo do ubuntu foi no acesso à rede e transferência de arquivos onde ele se saiu bem melhor, eu acho sim que tem que melhorar e muito!


jqueiroz disse:
Hmmmmmmm. Será culpa do Kernel, ou será culpa do ambiente gráfico?

O PHIRON tem razão. Já reparei isso também. Alguns aplicativos abrem mais rápido no Windows que no Linux, como os citados por ele. Aliás, uma boa parte dos aplicativos portados para o Windows rodam bem melhor nele. Até mesmo jogos. O Ubuntu parece fazer um esforço hercúleo para abrir o OpenOffice, por exemplo.

rubensk8
rubensk8 Geek Registrado
2.4K Mensagens 111 Curtidas
#46 Por rubensk8
02/04/2010 - 18:12
H4RD50FT.RSD disse:
Nenhum Windows vai ser mais rápido do que qualquer distro Linux (desde, claro, que estejam rodando em configs similares). A forma de trabalhar entre os dois é diferente. O Windows sempre consumiu mais memória que o Linux. Gerencia mais processos que o Linux, até em demasia. É mais justo comparar Windows vs Windows e Linux vs Linux.


O PHIRON tem razão. Já reparei isso também. Alguns aplicativos abrem mais rápido no Windows que no Linux, como os citados por ele. Aliás, uma boa parte dos aplicativos portados para o Windows rodam bem melhor nele. Até mesmo jogos. O Ubuntu parece fazer um esforço hercúleo para abrir o OpenOffice, por exemplo.


Fiz aqui uns testes:

o primeiro: no grub escolho um sistema e começo a cronometrar até o sistema entrar e ficar pronto para uso (até a internet ficar ativa).

Windows 7 : 58 s
Ubuntu 9.10: 35 s

Vcs falaram do OpenOffice, mas o Windows 7 leva 8 s para abrir o Office 2007. O Ubuntu leva o mesmo tempo para abrir o OpenOffice, 8 s.

Na primeira abertura (que é a mais lenta) do FireFox: windows 7 levou 8 segunos. Já o Ubuntu levou 5 segundos.

E por aí vai...

Cronometrem que é melhor!
Responder Tópico
© 1999-2024 Hardware.com.br. Todos os direitos reservados.
Imagem do Modal