Logo Hardware.com.br
Equipe GdH
Equipe GdH Geek Moderador
3.5K Mensagens 82 Curtidas

Tutorial: Armazenamento de rede: DAS, NAS e SAN

#1 Por Equipe GdH 13/11/2007 - 20:40
ImagemTutorial: Armazenamento de rede: DAS, NAS e SAN

Quando você precisa de mais espaço de armazenamento no seu micro de trabalho, a opção mais comum é simplesmente comprar outro HD. Quando falamos em redes, entretanto, três siglas vêm à tona: NAS, DAS e SAN, acompanhadas geralmente por longas discussões sobre qual das três é mais adequada a determinada situação. Pode parecer estranho que uma grande empresa pague 50.000 dólares para implementar uma SAN, que oferece apenas alguns terabytes de espaço de armazenamento, quando seria possível obter o mesmo espaço usando um punhado de HDs comuns instalados em um servidor de arquivos, mas, como de praxe, existem fatores que justificam o investimento em muitas situações. Vamos então a uma explicação sobre as três tecnologias.
Carlos E. Morimoto
13/11/2007

https://www.hardware.com.br/tutoriais/das-nas-san/

Comente aqui!!
Responder
Sven
Sven Super Participante Registrado
769 Mensagens 14 Curtidas
#2 Por Sven
13/11/2007 - 23:13
Gostei muito do artigo, que abordou um assunto complexo como esse de forma bastante suscinta e esclarecedora, possibilitando o entendimento para quem pouco ou nada conhece sobre isso.

Apesar de não ser nenhum especialista (e sem querer ser inconveniente), acredito que achei algumas informações que precisariam ser corrigidas. Copiei abaixo os parágrafos do tutorial desde o início para facilitar a localização dos mesmos, e destaquei os pontos em questão:

Um exemplo de NAS é Buffalo TeraStation Pro II, que permite o uso de 4 discos, que podem ser configurados em modo RAID 0, 1, 10 ou RAID 5. Originalmente ele vinha com 4 drives de 250 GB (daí o nome), mas logo foram lançadas versões atualizadas, com drives de 500 GB, 750 GB e 1 TB, totalizando até 4 GB...
No caso seriam "4 TB" ao invés de "4 GB".

O RAID 5 pode ser usado com a partir de 3 discos. Independentemente da quantidade de discos usados, sempre temos sacrificado o espaço equivalente a um deles. Em um NAS com 4 HDs de 1 TB, por exemplo, você ficaria com 3 GB de espaço disponível...
No caso seriam "3 TB" ao invés de "3 GB".

RAID 10 (Mirror/Strip): Este modo combina os modos 0 e 1 e pode ser usado com a partir de 4 HDs (ou outro número par). Metade dos HDs são usados em modo striping (RAID 0), enquanto a segunda metade armazena uma cópia dos dados dos primeiros, oferecendo redundância.
A descrição acima na verdade é de um RAID 01 (ou 0+1), quando é feito antes o striping e depois o mirroring. No RAID 10 são feitos antes os mirrors e depois é feito o striping dos mesmos.

Toda SAN tem como bloco de montagem HDs tradicionais...
Nem toda SAN é assim: existem soluções como a linha EVA da HP que utilizam HDs nada tradicionais, com interfaces Fibre Channel e/ou FATA ("Fibre Attached Technology Adapted").

[ ]'s
rwar
rwar Tô em todas Registrado
2.4K Mensagens 13 Curtidas
#3 Por rwar
14/11/2007 - 13:03
Estou vendo na prática como funciona o armazenamento em SANs, trabalhando num projeto para a HP aqui em Porto Alegre. E posso dizer que é fascinante ver essas "máquinas" sendo configuradas e trabalhando em ambientes de testes (imagina ver num ambiente de produção mesmo! descolado.png).


Quanto aos erros, creio que poderiam ser corrigidos facilmente, pois também achei alguns dos que foram mencionados anteriormente pelo Sven. piscadela.png
No caminho dos scripts. Por enquanto, powershell...
Responder Tópico
© 1999-2024 Hardware.com.br. Todos os direitos reservados.
Imagem do Modal