Acessando o Google Music fora dos EUA

O maior ponto negativo para nós, aqui no Brasil, é que o serviço em beta é restrito aos usuários nos Estados Unidos. Mas sempre dá para dar um jeitinho brasileiro ūüėõ

O pedido do serviço pode ser feito em http://music.google.com/ se você estiver nos EUA. Usando um IP dos EUA esse problema é resolvido rapidamente. Deve funcionar com um proxy. Não testei desses que são usados dentro do navegador, usei uma VPN.

Existem muitos sites que fornecem VPNs em vários locais no mundo. Elas são mais garantidas do que os “proxies via navegador” pois todo o tráfego entre seu computador e o servidor do site é mascarado com um IP do país escolhido. Ao usar um serviço de proxy qualquer via navegador (daqueles que modificam ou colocam anúncios nas páginas acessadas) alguns elementos da página podem falhar, como scripts e Flash. Alguns não são carregados e outros, mesmo carregados, podem obter seu IP real porque não passam pelo proxy. Com uma VPN isso não acontece. Em breve vou falar mais do assunto por aqui, já que é uma dica boa para acessar sites restritos a determinado local, como o Hulu ou a Netflix.

Para ficar a dica, usei a StrongVPN.com, uma das melhores que encontrei (minha conexão é de 4 Mbps, com a StrongVPN aqui chega entre 2 a 3,5 Mbps, mais do que suficiente para a maioria dos vídeos por streaming). Mas acredito que não vale a pena assiná-la só para pedir o convite do Google Music; eu já assinava para acessar sites de vídeo então aproveitei. Você pode testar com alguma VPN de menor qualidade ou mais barata, afinal para o Google Music basta o pedido de participação no beta. Talvez um proxy simples também funcione. É algo que você só vai fazer uma vez (a menos que o Google passe a barrar o acesso depois de logado em outros países também).

Fiz o pedido com uma conta de Gmail que já tinha, com cadastro brasileiro mesmo. Se você ficar na dúvida, pode aproveitar e criar um novo Gmail usando um IP dos EUA.

Feito o pedido, ficou a ansiedade. Mas demorou. O convite mesmo só veio um dia antes do iCloud ser anunciado. Estratégia ou coincidência? ūüėõ

Com o convite em mãos, já podia me logar no Google Music e fazer upload das músicas, e até mesmo ouvi-las pela web. Ficou faltando a parte mais interessante, a app para Android.

Todo feliz no Android Market fui procurar a app Music, essa aqui:

https://market.android.com/details?id=com.google.android.music

Mas não consegui instalá-la. Ela nem aparecia na busca no Market no meu telefone, e ao tentar pela versão web do Market, vinha um aviso reclamando da minha localização. Acesso não autorizado, o Google Music é só para os EUA… Mas isso também se resolve. Dessa vez foi mais fácil, não precisou trocar IP. Bastou trocar a identificação de local e operadora no Android, o que pode ser feito temporariamente com a app Market Enabler, disponível no próprio Market.

Nota: a app Market Enabler precisa de acesso root. A descrição dela diz que requer acesso root, su e busybox. Se seu telefone ainda não está rooteado nem tem esses recursos, você precisará pesquisar e dar um jeito antes. Estou usando um Motorola Milestone com Android 2.3 do shadowmodbr, já rooteado e pronto para esse tipo de aventura.

Na aba Settings list, escolhi a T-Mobile (US). É só dar um toque longo e aguardar, e então clicar em “fake this provider now”. Não é necessário deixar para alterar sempre no boot pois isso só será necessário uma única vez, para baixar a app do Music. Se eventualmente ela não puder ser atualizada depois, então vale a pena rever essa configuração e deixar a identificação fake sempre (lembrando que isso pode afetar sua experiência no Market caso precise de apps específicas para o Brasil depois).

Com a app no telefone e o serviço web ativo, o acesso ao player do Google Music beta estava garantido.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu coment√°rio

X