10 jogos de terror que marcaram época

10 jogos de terror que marcaram época

O gênero de jogos de terror tem sido um terreno fértil para os desenvolvedores explorarem o medo, o suspense e a ansiedade dos jogadores. A história dos videogames está repleta de títulos que se destacaram, deixando uma marca indelével no mundo dos jogos de terror.

Aproveitando o dia de Halloween, comemorado nesta terça-feira (31), elenquei 10 jogos de terror marcantes, títulos que foram significativos nesse gênero.

10 jogos de terror que marcaram época

Confira a lista:

Slender: The Arrival

Os jogos do Slender Man marcaram época devido à sua capacidade única de criar uma atmosfera de terror e paranoia, com o icônico Slender Man, um monstro sem rosto, perseguindo os jogadores em ambientes escuros. Eles se destacaram pelo uso inteligente de som, mecânicas simples, e a influência da cultura da internet e da comunidade de jogadores.

Esses jogos não apenas proporcionaram sustos genuínos, mas também se espalharam viralmente, tornando-se uma parte significativa da história dos jogos de terror e da cultura online.

Layers of Fear (2016)

Layers of Fear é uma exploração profunda do horror psicológico. O jogo coloca os jogadores no papel de um pintor enlouquecido que deve enfrentar seus próprios demônios enquanto explora uma mansão repleta de pinturas macabras. A narrativa intricada e a constante sensação de que a realidade está se despedaçando tornam Layers of Fear um marco no terror psicológico.

Apesar de contar com sustos, o jogo se destaca principalmente por focar no terror psicológico ao invés de apenas físico. Isso é alimentado principalmente porque o personagem principal sofre com alucinações durante sua jornada e suas obras de artes passam a se tornar cada vez mais macabras.

The Evil Within (2014)

The Evil Within, desenvolvido por Shinji Mikami, o criador da série Resident Evil, trouxe uma nova revigorante ao horror de sobrevivência. O jogo equilibra ação e horror, com uma narrativa complexa que mescla elementos sobrenaturais e psicológicos. A atmosfera sombria e as cenas grotescas garantem que os jogadores permaneçam à beira de seus assentos, criando uma experiência única e inesquecível.

Com isso, o jogo acabou criado sua própria identidade longe de Resident Evil. Nele, controlamos o detetiva Sebastian Castellanos, que está investigando alguns crimes ao lado de seus parceiros. Essa investigação o leva até um manicômio, onde diversas situações macabras começam a acontecer por lá.

P.T. (2014)

P.T. é um caso único na história dos jogos, uma vez que nunca foi lançado como um título completo. Em vez disso, foi uma demonstração jogável de um jogo que nunca viu a luz do dia devido a conflitos entre a Konami e o diretor Hideo Kojima.

Apesar de sua curta duração, P.T. provocou um frenesi na comunidade de jogos de terror. Sua narrativa assustadora e sua abordagem inovadora ao design de jogos influenciaram diretamente outros títulos e geraram um legado duradouro.

O jogo faria parte da franquia Silent Hill e certamente um dos destaques, mas mesmo não tendo acontecido ele ainda merece destaque porque a demo em si, embora não seja completa, já traz uma jogabilidade bem interessante. E dá para jogar mais de uma vez, já que é possível finalizar de várias formas diferentes. Infelizmente, ele não está mais disponível no catálogo da Playstation Store.

Visage (2018)

Mas mesmo que P.T nunca tenha sido lançado, ele foi o pontapé inicial para outros jogos que seguiriam na mesma onda, e um de destaque é Visage. Devido a essa influência, o título é frequentemente comparado a P.T, principalmente por causa da sua atmosfera opressiva e narrativa misteriosa.

O jogo coloca os jogadores em uma casa assombrada, onde devem enfrentar seus próprios medos e enfrentar o sobrenatural. Visage é uma lição de como construir uma atmosfera intensa e criar terror psicológico sem precedentes. Ele mantém um dos pontos chaves de muitos jogos de terror, que é um personagem que está praticamente indefeso e só precisa sobreviver.

Amnesia: The Dark Descent (2010)

Amnesia: The Dark Descent é frequentemente elogiado por sua capacidade de criar um ambiente aterrorizante. O jogo coloca os jogadores na pele de Daniel, um homem amnésico que acorda em um castelo sombrio. Com uma narrativa intrincada e jogabilidade que enfatiza o medo e a impotência, Amnesia se tornou um marco no gênero.

A ausência de combate direto e a ênfase na fuga e no esconderijo tornaram-no um pioneiro de uma nova forma de terror psicológico. Ele tem uma proposta diferenciada, e segundo os próprios produtores, “vencer não é o objetivo final neste jogo”. Então a ideia mesmo é mergulhar e tentar aproveitar a imersão na ambientação, passando por traumas do personagem e sobrevivendo a isso.

Little Nightmares (2017)

Little Nightmares é uma joia do terror indie que se destaca por sua estética única. Os jogadores assumem o controle de Six, uma criança presa em um mundo grotesco e sombrio. A jogabilidade simples, mas envolvente, juntamente com uma narrativa silenciosa que exige interpretação, torna Little Nightmares uma experiência que assombra a mente dos jogadores muito tempo após o término.

Com uma história que pode ser interpretada de várias maneiras, o jogo consegue ficar na cabeça mesmo depois do seu final, e com uma série de possíveis explicações. Ainda assim, é uma experiência incrível, com uma ambientação excelente e que nos coloca na visão de uma criança pequena e indefesa em um mundo assustador.

Until Dawn (2015)

Until Dawn é uma mistura de filme interativo e jogo de terror. Com um elenco de personagens interpretados por atores conhecidos, o jogo permite que os jogadores tomem decisões que afetam o destino dos personagens. O enredo intrincado, juntamente com a tensão constante e a atmosfera de mistério, fez de Until Dawn uma experiência única no gênero de terror.

Embora outros títulos tenham surgido após ele, ainda é lembrado como um dos precursores desse tipo de jogo, onde o jogador acaba se sentindo parte da história. É como assistir a um daquelas filmes de adolescentes que ficam presos em um lugar com um assassino ao mesmo tempo que é possível controlar suas ações e seu destino.

Outlast (2013)

Outlast é conhecido por sua abordagem única e realista à jogabilidade de terror. Os jogadores controlam Miles Upshur, um jornalista que entra em um manicômio abandonado em busca de uma história. Com uma câmera como a principal fonte de luz e visão, o jogo cria uma sensação de vulnerabilidade que poucos outros títulos conseguiram igualar.

A narrativa envolvente e a atmosfera assustadora ajudaram a solidificar Outlast como um clássico instantâneo, além de contar com efeitos sonoros que deixa tudo ainda mais assustador (a dica aqui e em qualquer jogo de terror é usar fones de ouvido).

Resident Evil 7: Biohazard (2017)

A série Resident Evil já era conhecida por seu horror de sobrevivência, mas Resident Evil 7 trouxe uma reviravolta surpreendente. Mudando para uma perspectiva em primeira pessoa e retornando às raízes do gênero, o jogo rejuvenesceu a franquia. A exploração, a luta pela sobrevivência e a narrativa envolvente foram revitalizadas, demonstrando que a série estava disposta a se adaptar e evoluir.

Embora toda a franquia tenha essa pegada de terror, em termos de dar sustos e realmente passar uma atmosfera de medo, o 7 consegue se destacar. É nele que conhecemos Ethan Winters, que vai até uma mansão abandonada a procura da sua esposa e lá encontra perigos que nem imaginava.

Quais outros jogos você destacaria?

Separamos nesta lista 10 jogos de terror que não apenas entregaram sustos e arrepios, mas também moldaram o gênero, influenciando outros desenvolvedores e cativando jogadores com suas narrativas envolventes e experiências aterrorizantes.

Cada um deles é uma peça fundamental na rica história dos jogos de terror e um testemunho do poder do meio para evocar emoções intensas e duradouras. Se você é um fã de jogos de terror, não deixe de experimentar esses títulos que deixaram uma marca indelével na indústria.

Mas também sabemos que, para a alegria dos fãs do gênero, cada vez mais jogos são lançados, além de ter muitos outros grandes exemplos que não couberam aqui já que a quantidade é vasta.

Então convidamos vocês a formarem suas listas de melhores jogos de terror em sua opinião!

Aproveite também para conferiro a nossa lista dos 10 personagens inesquecíveis de jogos de terror.

Sobre o Autor

Redes Sociais:

Deixe seu comentário

X